A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

EUA e Austrália concordam em reforçar oposição à China no Pacífico

EUA e Austrália concordam em reforçar oposição à China no Pacífico
Direitos de autor
رويترز
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos e a Austrália estão juntos no propósito de reforçar a oposição às atividades da China no Pacífico que consideram cada vez mais ameaçadoras.

A intenção ficou expressa num fórum de segurança anual em Sidney, Austrália, em que participaram os secretários de Estado e da Defesa norte-americanos, Mike Pompeo e Mark Esper, e os homólogos anfitriões, Maris Payne e Linda Reynolds.

As intenções surgem poucas horas depois de Mark Esper ter feito saber que Washington tenciona deslocar rapidamente mísseis de alcance intermédio para o Mar do Sul da China. Uma movimentação que não será bem vista por Pequim, especialmente depois de tarifas de importação adicionais que Donald Trump ordenou no dia 1.