Malta recusa receber navio "Open Arms"

Malta recusa receber navio "Open Arms"
Direitos de autor 
De  Patricia Tavares
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Cento e vinte e um migrantes sem porto seguro. A espera continua para as pessoas a bordo do navio "Open Arms", Malta recusa permitir o desembarque e Itália ainda não se pronunciou.

PUBLICIDADE

Cento e vinte e um migrantes sem porto seguro. A espera continua para as pessoas a bordo do navio "Open Arms", Malta recusa permitir o desembarque e Itália ainda não se pronunciou.

A responsável por esta missão da ONG espanhola tenta gerir a incerteza: "Malta nos respondeu-nos com "não" redondo. Pedimos duas vezes e Malta disse-nos "não" duas vezes... Está claro que não nos querem deixar entrar."

"Pouco a pouco estamos a ficar sem comida e sem bebida, para as pessoas resgatadas e para nós, tripulação... E também estamos preocupados com o estado psicológico das pessoas que resgatámos, que está a piorar de dia para dia devido à incerteza sobre o que lhes vai acontecer.
Anabel Montes
Missão "Open Arms"

Os 121 migrantes foram resgatados em duas operações diferentes no Mediterrâneo. Segundo a tripulação do Open Arms as suas histórias de vida são devastadoras e, para além do estado psicológico, muitas destas pessoas mostram também sinais da violência sofrida na Líbia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Navios de resgate aguardam no mar por desembarque de migrantes

Países do G7 ponderam utilizar ativos russos congelados para financiar a Ucrânia

Mil italianos assinam manifesto para que Draghi seja presidente da Comissão Europeia