A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Malta recusa receber navio "Open Arms"

Malta recusa receber navio "Open Arms"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Cento e vinte e um migrantes sem porto seguro. A espera continua para as pessoas a bordo do navio "Open Arms", Malta recusa permitir o desembarque e Itália ainda não se pronunciou.

A responsável por esta missão da ONG espanhola tenta gerir a incerteza: "Malta nos respondeu-nos com "não" redondo. Pedimos duas vezes e Malta disse-nos "não" duas vezes... Está claro que não nos querem deixar entrar."

"Pouco a pouco estamos a ficar sem comida e sem bebida, para as pessoas resgatadas e para nós, tripulação... E também estamos preocupados com o estado psicológico das pessoas que resgatámos, que está a piorar de dia para dia devido à incerteza sobre o que lhes vai acontecer.
Anabel Montes
Missão "Open Arms"

Os 121 migrantes foram resgatados em duas operações diferentes no Mediterrâneo. Segundo a tripulação do Open Arms as suas histórias de vida são devastadoras e, para além do estado psicológico, muitas destas pessoas mostram também sinais da violência sofrida na Líbia.