A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Assembleia da Venezuela nomeia comissão para definir data das eleições

Assembleia da Venezuela nomeia comissão para definir data das eleições
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Assembleia Nacional Constituinte da Venezuela, próxima do presidente Nicolas Maduro, nomeou uma comissão que deverá definir o melhor momento para organizar eleições parlamentares. O calendário eleitoral prevê eleições em 2020, mas, o presidente da assembleia constituinte não descarta uma ida às urnas ainda este ano.

"De acordo com a lei, a Constituição e a situação política do país, depois de consultar todas as instituições do povo, avaliaremos qual é a melhor altura para organizar eleições legislativas. Se da consulta resultar que deverão ser a 1 de janeiro, então serão nesse dia, se disser que deverão ser este ano, seguiremos a consulta", anunciou Diosdado Cabello.

Eleito em 2015, o parlamento é a única instituição controlada pela oposição. A Assembleia Constituinte foi eleita em julho de 2017 para contornar o parlamento, após manifestações que levaram à morte de 125 pessoas.

Nas redes sociais, Juan Guaido, autoproclamado presidente da Venezuela, reconhecido por vários países, incluindo pelos Estados Unidos, criticou a decisão da Assembleia Nacional Constituinte e garante estar a preparar uma ofensiva para formar um governo de transição e convocar eleições livres.