A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

No festival Sziget "amor é amor"

No festival Sziget "amor é amor"
Direitos de autor
Euronews
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Um dos slogans do festival húngaro Sziget é "Love is Love" / "Amor é Amor".

O arco-íris foi apresentado ao público como um símbolo internacional da aceitação de pessoas homossexuais.

Posição que contrasta com a tomada por alguns húngaros que consideram como ofensiva uma imagem publicitária com dois homens a, aparentemente, partilharem um refrigerante.

Políticos do partido do Governo, Fidesz, e da extrema-direita condenam que se mostre imagens de casais do mesmo sexo.

O público do Festival Sziget é muito mais tolerante.

Um dos eventos no palco principal foi realizado pela dupla de acrobatas americanos The Arrow. O espetáculo chama-se "O amor é todo igual."

Os festivaleiros afirmam que não há nada de errado em amar alguém do mesmo sexo.

''Eu sou hetero, mas amor é amor. Acho que cada um deve ter o seu parceiro ou parceira. Não importa se se escolhe amar alguém do mesmo sexo ou de sexo diferente.Todos temos o direito de nos expressarmos," afirma um turista canadiano.

''Amor é amor. Não devia importar por quem te apaixonas. Amor é amor, é igual para todos,” considera uma turista irlandesa.

Existem muitas ONGs no Festival Sziget, entre elas está a Associação LGBT. A afirmação é que fora do Festival a atmosfera não é tão tolerante.

'' Vozes homofóbicas são cada vez mais frequentes na política hoje em dia. László Kövér, o presidente da Câmara do Parlamento, sugeriu que os pais do mesmo sexo são como pedófilos. E ativistas de extrema-direita atacaram alguns eventos do festival Budapest Pride. '' Há muito tempo que as mensagens de antidiscriminação e tolerância fazem parte do festival," revela um dos representantes da associação LGBT, Akos Modolo.

É por isso que a Capela do Amor de Szigets é um lugar aberto a todos os que chegam com a pessoa amada.

''Na Hungria, casais do mesmo sexo não se podem casar oficialmente. Mas aqui, no festival Sziget, na tenda atrás de mim, todos se podem casar. E todos os casamentos, mesmo casamentos entre pessoas do mesmo sexo, são selados com este certificado não oficial," esclarece o jornalista da euronews, Daniel Bozsik.