Última hora
This content is not available in your region

Brasileiros protestam contra Jair Bolsonaro

Brasileiros protestam contra Jair Bolsonaro
Tamanho do texto Aa Aa

Três mil pessoas de acordo com os organizadores, mil e quinhentas pessoas segundo a Polícia Militar. Não existe consenso nos números da primeira marcha das mulheres indígenas, em Brasília, mas a mensagem foi clara: lutar pelos direitos dos índios e pela preservação do território indígena. A uma só voz, as participantes não hesitaram em atacar Jair Bolsonaro.

Petjea Krahô, da tribo Krahô, exigiu respeito e sublinhou que o Brasil era dos Índios, acusando o presidente brasileiro de querer destruir o país.

As críticas ao Presidente brasileiro não se limitaram à população indígena. Milhares de brasileiros saíram para as ruas para se manifestar contra os cortes orçamentais previstos para a educação e contra a reforma da previdência, os protestos estenderam-se a 85 cidades do país.

As medidas do executivo de Bolsonaro preveem um corte de 30% nos gastos com universidades e a suspensão das bolsas de estudo para mestrados e doutoramentos, o mês passado um corte de mais de 80 milhões de euros teve por alvo os livros escolares. Apesar do aparato policial, as várias manifestações a nível nacional decorreram de forma pacífica.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.