A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Tribunal autoriza "Open Arms" em águas italianas

Tribunal autoriza "Open Arms" em águas italianas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Afinal, o Open Arms pode mesmo desembarcar em Itália. Quem o diz é o Tribunal Administrativo Regional de Lácio, que suspendeu a proibição da entrada do navio humanitário em águas italianas.

A decisão surge umas horas depois de a Guarda Costeira italiana ter ajudado a retirar quatro pessoas da embarcação, durante a noite de terça-feira.

Um bebé com problemas respiratórios e a família abandonaram o navio humanitário onde as condições se vão deteriorando. Agora as 147 pessoas há duas semanas a bordo, estão mais perto de pisar terra firme.

Destino diferente parece, para já, ter o Ocean Viking. O navio operado pelas organizações humanitárias SOS Mediterrâneo e Médicos Sem Fronteiras, permanece no mar com 356 pessoas a bordo, migrantes resgatados em quatro operações diferentes. Prestes a entrar em águas europeias, a embarcação ainda não tem porto para desembarcar, mas a Líbia está fora de questão, uma vez que, de acordo com as organizações, não é um porto seguro.