A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Motoristas de Matérias Perigosas isolados na greve

Motoristas de Matérias Perigosas isolados na greve
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Reunião do Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias com o Governo e a Antram terminou com um acordo e com a promessa de que as negociações vão ser retomadas.

Neste momento, apenas o Sindicato dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) continua a paralisação. O ministro das Infraestruturas já apelou ao sindicato para que também desconvoque a paralisação e comece o processo negocial. Pedro Nuno Santos sublinhou que a via para um acordo é o diálogo e que as negociações, tal como defende a Antram, só podem acontecer depois da greve ser desconvocada.

O SNMMP, que prometeu uma reação para esta sexta feira, já pediu a mediação do governo e admite fazer cedências. Mas garante que só desconvoca a greve quando houver um acordo.

Perante o impasse e o braço de ferro entre motoristas e patrões, o secretário de Estado do Emprego, Miguel Cabrita, declarou que o processo de mediação "não é viável".