EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Cardeal Pell perde recurso contra condenação por pedofilia

Cardeal Pell perde recurso contra condenação por pedofilia
Direitos de autor 
De  Rodrigo Barbosa com AFP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Supremo Tribunal do Estado australiano de Victoria confirmou pena de seis anos de prisão atribuída em março

PUBLICIDADE

O Cardeal australiano George Pell, antigo número três do Vaticano, perdeu o recurso contra a condenação a seis anos de prisão por pedofilia.

O Supremo Tribunal do Estado australiano de Victoria decidiu manter a pena atribuída em março por um tribunal de primeira instância.

Reunidas para acompanhar o processo em Melbourne, vítimas e familiares de vítimas de abusos sexuais saudaram a decisão, afirmando tratar-se de "um dia glorioso" e dizendo que "foi feita Justiça".

Pell é o mais alto responsável da Igreja Católica condenado por crimes de pedofilia.

A ativista Chrissie Foster, ela própria mãe de duas raparigas vítimas de abuso por parte de outro membro do clero australiano, afirma que "é um dia maravilhoso para os sobreviventes, para as vítimas. Envia uma mensagem de que há Justiça, independentemente do escalão ao que pertencemos, da idade que temos ou de qual é a nossa função".

O antigo tesoureiro do Vaticano, de 78 anos, poderá ainda apresentar um último recurso no Supremo Tribunal da Austrália. O primeiro-ministro Scott Morrison disse que Pell verá retirada a medalha da Ordem da Austrália e a Santa Sé, que tem em curso o seu próprio inquérito, poderá mesmo vir a remover-lhe a batina.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ex-diretora de escola judaica ultra-ortodoxa condenada por crimes sexuais

Governo australiano saúda libertação de Julian Assange

Tribunal russo condena soldado americano a quase quatro anos de prisão por roubo