Última hora
This content is not available in your region

Coligação para novo Governo italiano em risco

euronews_icons_loading
Coligação para novo Governo italiano em risco
Tamanho do texto Aa Aa

O acordo alcançado há dois dias para a formação de um novo Governo italiano parece estar em risco, depois de esta sexta-feira o líder do Movimento Cinco Estrelas ter surpreendido tudo e todos com a imposição de condições para o nascimento de uma coligação com o Partido Democrático. Luigi di Maio disse que apresentou um documento ao primeiro-ministro com as condições e que se elas não forem incluídas no programa do Governo, então "é melhor voltar às urnas o mais depressa possível".

Antes deste ultimato, o líder do Partido Democrático, Nicola Zingaretti, tinha enunciado ao primeiro-ministro indigitado, Giuseppe Conte, as principais novidades do programa comum do Movimento 5 Estrelas e do Partido Democrático, que incluía "uma descida dos impostos sobre os salários baixos e médios, para estimular o consumo", o que considerou ser "um elemento de justiça para muitas famílias italianas".

Di Maio rejeita nomeadamente a modificação dos "decretos de segurança" promulgados pelo ministro do Interior em funções e seu ex-aliado, Matteo Salvini, que não integraria o novo Governo.