A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Into the Okavango: De Angola para os Emmy Awards 2019

Into the Okavango: De Angola para os Emmy Awards 2019
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Into the Okavango retrata a primeira expedição científica feita ao longo da maior bacia hidrográfica do mundo. A Bacia do Okavango, uma área partilhada por três países da África Austral, nomeadamente: Angola, Namíbia e Botswana.

Depois de ter arrebatado o título de melhor explorador do ano, no festival da National Geographic, em Washington, o filme documentário Into the Okavango, do cineasta da National Geographic Society, Neil Gelinas, volta a estar na mira dos holofotes com a nomeação para um Emmy Award - 2019.

O filme Into the Okavango é baseado na expedição feita ao longo do rio Cuito, em 2105. Kerllen Costa, gestor para Angola do projeto "National Geographic Okavango" disse à Euronews que o objetivo da realização do filme/documentário foi registar a primeira expedição científica feita ao longo da Bacia do Okavango.

Trata-se de um documentário sobre a expedição científica feita pela equipa da National Geographic para Angola, liderada pela angolana Adjany Costa. Durante quatro meses a equipa explorou um percurso de cerca de 2.500 quilómetros, passando por Angola e Namíbia, até ao Botsuana.

A Bacia do rio Okavango cobre uma superfície hidrologicamente activa com cerca de 323 192 km2, numa área partilhada por três países da África Austral: Angola, Namíbia e Botswana. O seu caudal principal resulta do escoamento de planícies sub-húmidas e semiáridas da província de Cuito-Cubango, em Angola, que se estende por uma área de 120 000 km², antes de se concentrar ao longo das margens entre a Namíbia e Angola, desaguando num leque ou delta a uma altura de 980 metros.

Kerlen Costa anunciou em exclusivo à Euronews o lançamento, para breve, do próximo documentário intitulado Cuando. Um filme que retrata a expedição científica feita em 2018 ao longo do rio Cuando.

"Estamos a planear fazer o lançamento em meados de outubro, estamos neste momento a finalizar as traduções e a narração. Vai ser o primeiro filme da National Geografic narrado completamente em português, afirmou.

O projeto Okavango-Zambeze é a maior iniciativa transfronteiriça do Continente Africano, que liga 36 áreas de conservação a nível de Angola, Zâmbia, Zimbábue, Botswana e Namíbia.