A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Grécia transfere refugiados do campo de Moria

Grécia transfere refugiados do campo de Moria
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Têm todos nacionalidade afegã e foram finalmente transferidos do que muitos chamam "um autêntico inferno". Trata-se do primeiro grupo de um total de 1500 pessoas, deslocadas do polémico campo de Moria, na ilha grega de Lesbos, para o continente, concretamente para Salónica.

O destino final foi um outro campo, o de Neo Kavala, em Kilkis. Até agora, todos os campos de acolhimento na Grécia situavam-se em ilhas.

Criança afegã transporta pertences da família

A última contagem no centro de Moria, uma antiga base militar, aponta para mais de 11 mil pessoas, sobretudo sírios, afegãos e iraquianos.

As condições são mais do que precárias e a violência, frequente: em agosto, foi morto um jovem afegão.

Segundo o correspondente Apostolos Staikos, "esta transferência tem sido vista como o momento de retomar algum fôlego perante o problema premente de excesso de refugiados nesta ilha. Só nos últimos dias, chegaram da costa turca quase 250 pessoas".