A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Vendas de carros elétricos caem em julho

Vendas de carros elétricos caem em julho
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As vendas globais de carros elétricos caíram pela primeira vez em julho, depois de a China ter reduzido os subsídios à compra.

As vendas mensais caíram 14% a nível mundial, para cerca de 128 mil carros elétricos. As vendas caíram na China e na América do Norte, mas subiram na Europa.

O crescimento na China, o maior produtor e mercado para veículos elétricos, está a abrandar. A redução dos subsídios para a compra deste tipo de carros e o arrefecimento da economia estão a pesar nas decisões dos consumidores. A partir de 26 de junho, o Governo chinês diminuiu o financiamento para as aquisições particulares de carros elétricos, para encorajar os fabricantes a focar-se na inovação de produtos.

Nos primeiros sete meses do ano, o mercado global de carros elétricos cresceu 35%.

A previsão é de que as vendas anuais cresçam de 2,4 milhões para 2,9 milhões de unidades em 2019.