A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

EUA confirmam morte do filho predileto de Osama bin Laden

EUA confirmam morte do filho predileto de Osama bin Laden
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos confirmam a morte de Hamza bin Laden, o filho predileto de Osama bin Laden, considerado como o herdeiro da liderança da al qaida.

A morte foi anunciada, em comunicado, pelo presidente Donald Trump, que explicou que Hamza bin Laden foi morto numa operação anti-terrorista desencadeada pelos Estados Unidos, entre o Afeganistão e o Paquistão, sem revelar mais detalhes.

O anúncio surge três dias depois da comemoração do 18° aniversário do 11 de setembro de 2001, a data em que a al qaida abateu as torres gémeas do World Trade Center, desferindo o maior golpe terrorista em território norte americano.

Washington tinha oferecido um milhão de dólares por informações que levassem ao paradeiro daquele que era considerado o sucessor de Osama bin Laden na alqaida. Pouco depois a Arábia Saudita retirou-lhe a nacionalidade.

Os media americanos já tinham noticiado a sua morte em julho, mas a Casa Branca não tinha confirmado.