EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Forças russas matam dois suspeitos de planearem ataques terroristas

Forças Especiais Russas
Forças Especiais Russas Direitos de autor AP/Национальный антитеррористический комитет
Direitos de autor AP/Национальный антитеррористический комитет
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Kremlin espalhou teorias infundadas sobre um ataque recente perto de Moscovo que custou quase 150 vidas.

PUBLICIDADE

Forças especiais russas mataram duas pessoas suspeitas de planear ataques terroristas num tiroteio no sul do país na quinta-feira, disse o Comité Nacional Antiterrorista do país.

De acordo com o comunicado do comité, os suspeitos foram intercetados nos arredores de Nalchik, capital da república de Cabárdia-Balcária, e abriram fogo contra as forças especiais do Serviço Federal de Segurança.

O comité não deu detalhes das ações que os suspeitos estavam a planear, a operação decorreu numa altura em que as preocupações de segurança no país estão elevadas, após o ataque de 22 de março numa sala de concertos em Moscovo que matou 145 pessoas.

Um afiliado do grupo do Estado Islâmico reivindicou a responsabilidade pelo ataque. Cabárdia-Balcária está na região do Cáucaso do Norte, onde o extremismo islâmico se formou há décadas.

No entanto, o Kremlin tentou culpar o ataque à sala de concertos por uma conspiração sombria dos EUA, do Reino Unido e da Ucrânia - embora sem fornecer evidências.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Putin pronto a negociar sem "esquemas impostos" por Kiev

Rússia: a quinta tomada de posse de Vladimir Putin no Kremlin

Rússia acrescenta Volodymyr Zelenskyy à lista de mais procurados