A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

MoteLX premeia terror em Lisboa

MoteLX premeia terror em Lisboa
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Algumas filas, muita expectativa, e um certo frio na espinha marcaram a mais recente edição do MoteLX. O Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa, que em 2019 bateu o recorde de sessões esgotadas.

O Prémio MoteLX foi para o repetente Guilherme Daniel, que, pelo segundo ano consecutivo, ganhou na categoria de melhor curta portuguesa de terror. Desta vez, o realizador apresentou "Erva Daninha", um filme que conta a história de um casal com um terreno infértil até ao dia em que uma semente negra começa a crescer e a mudar os seus comportamentos.

Kirill Sokolov leva para a Rússia o prémio de Melhor Longa de Terror Europeia / Méliès d'Argent 2019, com "Why Don't You Just Die!". Nesta longa-metragem, o terror ganha um registo cómico e sangrento quando o jovem Matvei bate à porta de casa dos pais da namorada Olya, armado com um martelo.

Os dois filmes ficaram automaticamente selecionados para o prémio internacional Méliès d"Oras.

O júri atribuiu ainda a Menção Menção Especial a "Häuschen – A Herança", de Paulo A. M. Oliveira e Pedro Martins, "uma versão moderna do clássico conto de fadas negro".

Já o prémio do público foi para "Midsommar", do realizador Ari Aster.