A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Sauditas tomarão as "medidas necessárias" contra o Irão

Sauditas tomarão as "medidas necessárias" contra o Irão
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O chefe da Diplomacia da Arábia Saudita afirmou, este sábado, e em relação ao ataque conduzido por drones à petrolífera Aramco, que os seus aliados estão a ser consultados para que se possa "tomar as medidas necessárias" e exorta a comunidade internacional a agir.

Os Estados Unidos tinham-se adiantado e imposto mais sanções ao Irão, que acusam de responsabilidade pelo ataque, e aprovado o envio de mais tropas para reforçar as defesas da Arábia Saudita, mas também dos Emirados Árabes Unidos.

Enquanto os sauditas dizem ter "certeza de que o lançamento não veio do Iémen, veio do norte" e que as "investigações serão prova disso" o Irão continua a garantir que não tem nada a ver com o sucedido. Os rebeldes houthis tinham reivindicado o ataque.