A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Supremo espanhol aprova exumação de Franco

Supremo espanhol aprova exumação de Franco
Direitos de autor
Uno striscione di protesta fuori dalla Corte Suprema di Madrid riunita per decidere il destino della salma di Franco - REUTERS/Juan Medina
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os restos mortais de Franco podem ser exumados, esta a decisão do Supremo Tribunal espanhol divulgada esta terça-feira.

A decisão coloca um ponto final numa questão que tem oposto o governo socialista à família do antigo ditador.

Durante os últimos meses a ordem de exumação foi adiada por várias vezes.

Há muito que os socialistas querem transformar o mausoléu no Vale dos Caídos, próximo de Madrid, num memorial às vítimas da guerra civil de 1936-39.

Segundo o tribunal, o governo pode agora transportar os restos mortais de Franco para o jazigo da família situado num cemitério do estado onde se encontram sepultadas outras figuras políticas de relevo.

A família de Franco contudo contesta a decisão exigindo que os restos mortais sejam colocados na Catedral de Almudena no centro da capital.

O governo contudo rejeita esta solução pois receia que a Catedral se torne num local de peregrinação da extrema-direita.

O mausoléu do Vale dos Caídos contém os restos mortais de cerca de 68 mil vítimas mortais de ambos os lados do conflito civil.