EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

500 homens e crianças resgatados de "Casa do Horror"

500 homens e crianças resgatados de "Casa do Horror"
Direitos de autor 
De  Teresa Bizarro
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O edifício apesentava-se como uma escola do Islão

REUTERS/Afolabi Sotunde
Fachada do edíficio que se apresentava como escola islâmicaREUTERS/Afolabi Sotunde
PUBLICIDADE

A polícia nigeriana chama-lhe a "Casa do Horror". Cerca de 500 pessoas -adultos, jovens e crianças do sexo masculino - foram encontradas amontoados numa casa de uma cidade no nordeste da Nigéria.

O edifício era apresentado como uma escola do Islão e um centro para jovens com problemas sociais.

Para Ali Janga, o comissário da Polícia de Kaduna, ''este não é um espaço de reabilitação nem uma escola islâmica. Crianças pequenas, algumas trazidas de países vizinhos como Burkina Faso, Mali ou Gana. Há também crianças aqui de todo o país. Algumas estavam acorrentadas. Foram usadas e desumanizadas."

Os responsáveis pela alegada escola foram detidos. Refutam todas as acusações de tortura e exploração.

As vítimas foram transferidos para um estádio de Kaduna, onde estão a ser interrogados e aguardam a localização da família.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

UE deve combater retrocesso nos direitos humanos

ONU alerta para aumento das violações dos direitos das crianças

Milhares de húngaros manifestam-se para exigir reformas na proteção das crianças