Última hora

Inquérito para a destituição de Trump faz primeira baixa

Inquérito para a destituição de Trump faz primeira baixa
Direitos de autor
REUTERS/Lucas Jackson
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

É considerado o primeiro grande desenvolvimento no processo de destituição de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos. Três comissões da Câmara dos Representantes notificaram o Secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, para que entregue documentos relacionados com a alegada pressão de Trump ao presidente da Ucrânia.

Esta sexta-feira, o enviado especial dos Estados Unidos à Ucrânia demitiu-se. Kurt Volker torna-se a primeira baixa da investigação da Câmara dos representantes. Tem uma audição prevista no Congresso para as próximas semanas. Volker terá sido mencionado pelo denunciante do caso que levou à abertura do processo de destituição como alguém que ajudava o presidente da Ucrânia a interpertar os pedidos de Donald Trump.

Em causa, um pedido para investigar o antigo vice-presidente Joe Biden.

O atual candidato à nomeação democrata, não se referiu ao caso diretamente, mas num comício em Las Vegas acusou Trump de por em causa a segurança Nacional do país.

O presidente norte-americano reage com todos os dedos apontados aos democratas. Na Casa Branca, no que deveriam ser as comemorações do património hispânico, Trump acusou os legisladores de não estarem a fazer o trabalho por exemplo em matéria de legislação sobre os pedidos de asilo.

Em tom de comício acusou os democratas de serem : os faz-nada.

Mesmo depois de divulgada a trascrição de um telefonema a Volodymyr Zelenski, Donald Trump mantém quem não exerceu pressão sobre o presidente ucraniano.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.