Última hora

Recorde feminino da maratona para (de novo) para o Quénia

Recorde feminino da maratona para (de novo) para o Quénia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Um dia depois do queniano Eliud Kipchoge surpreender o mundo ao fazer a maratona abaixo das duas horas em Viena, a compatriota Brigid Kosgei tornou-se em Chicago na primeira mulher a correr os 42 quilómetros em menos de 2h15m estabelecendo por isso um novo recorde mundial que pertencia à britânica Paula Radclif em 2003.

Brigid Kosgei correu a maratona em 2 horas, 14 minutos e quatro segundos.

O compatriota Ababel Yeshaneh venceu na categoria masculina.

O fim de semana foi de facto do Quénia. Apesar de o recorde não ter sido homologado, ninguém pode retirar a Eliud Kipchoge o feito de correr a maratona abaixo das duas horas. Cumpriu, em Viena, a distância em uma hora 59 minutos e 40 segundos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.