Última hora

Kaczynski vence legislativas mas perde maioria no Senado

Kaczynski vence legislativas mas perde maioria no Senado
Direitos de autor
REUTERS/Kacper Pempel
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os resultados finais confirmam a vitória confortável da formação conservadora eurocética Lei e Justiça nas legislativas polacas. No entanto, o partido liderado por Jaroslaw Kaczynski perdeu a maioria no Senado, conquistando apenas 48 dos 100 assentos da câmara alta do Parlamento.

Em consequência, o homem forte do país já avisou que os conservadores deverão atrasar a agenda legislativa, o que representará um contraste com a rápida adoção de textos na legislatura anterior.

Na câmara baixa, o Lei e Justiça melhorou os resultados de há quatro anos, com 43,59% dos votos e 235 dos 460 assentos disponíveis.

Os centristas da Coligação Cívica, principal formação da oposição, surgem longe no segundo lugar com 27,4% dos votos, elegendo 134 deputados.

O escrutínio ficou ainda marcado pelo regresso da esquerda ao Parlamento. A Aliança da Esquerda Democrática obteve 49 assentos. A extrema-direita também entra na assembleia, com os 11 deputados eleitos pela Confederação.

O sucesso do Lei e Justiça deve-se essencialmente ao generoso programa de apoios sociais, possível graças ao excelente desempenho da economia polaca.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.