Racismo faz cair dirigente na Bulgária e provoca discussão com UEFA

Access to the comments Comentários
De  Francisco Marques
Seleção inglesa debateu eventual abandoino do jogo na Bulgária devido aos "hooligans"
Seleção inglesa debateu eventual abandoino do jogo na Bulgária devido aos "hooligans"   -   Direitos de autor  REUTERS/Anton Uzunov// Action Images via Reuters/Carl Recine

Os atos de racismo cometidos durante o jogo da seleção de Inglaterra na Bulgária, esta segunda-feira, já provocaram a queda do presidente da Federação búlgara e uma troca de argumentos entre o líder do governo britânico e a UEFA.

Através do Twitter, o primeiro-ministro Boris Johnson exigiu uma "ação rápida e forte" ao organismo que superintende o futebol para erradicar o racismo dos estádios.

O presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, já respondeu e diz que "também os governos têm de fazer mais no combate ao racismo".

Na Bulgária, o primeiro-ministro Bokyo Borissov também não gostou de ver o comportamento dos compatriotas e, em consequência desta reincidência racista, exigiu a demissão do presidente da respetiva federação.

O ministro dos Desportos confirmou esta terça-feira de manhã a ordem do chefe de Governo para suspender o apoio à federação até à demissão do presidente.

O próprio Borislav Mihaylov confirmou a demissão pela tarde, através de uma publicação na página da Federação Búlgara de Futebol.

Durante o jogo desta segunda-feira, no Estádio Nacional de Sófia, o árbitro croata Ivan Bebek chegou a admitir parar a partida, confirmou o presidente da Federação inglesa.

"Que noite desapontante. Talvez uma das piores noites a que já assisti no futebol. O árbitro perguntou ao nosso selecionador se queria continuar. O Southgate disse-lhe para esperar pelo intervalo, faltavam quatro minutos, e iria falar com os jogadores. Em conjunto, decidiram continuar até ao fim. Queriam ganhar o jogo e não deixar que o racismo levasse a melhor", contou Greg Clark.

Desta vez, o racismo parece não ter levado a melhor. Ao intervalo, a Inglaterra já vencia 4-0. No final, ficou 6-0. Os ingleses ficam a apenas um ponto do Euro2020. A Bulgária já não tem hipóteses.

Outras fontes • BBC, UEFA, AFP, Reuters