Última hora

Chilenos continuam nas ruas mas de forma mais pacífica

Chilenos continuam nas ruas mas de forma mais pacífica
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Momentos ainda de tensão no Chile mas, depois de dias de grande violência com um "mea culpa", pelo meio, do presidente do país, Sebastián Piñera, a situação parece agora mais calma. Os protestos continuam e o número de pessoas nas ruas será agora maior, ainda assim tudo decorre agora de forma mais pacífica.

O anúncio de um pacote de novas medidas sociais não foi suficiente para fazer as pessoas abandonarem as ruas, a luta por melhores condições de vida continua.

As Nações Unidas já disseram que vão enviar a Alta Representante para os Direitos Humanos ao país para averiguar o que se passou entre manifestantes e polícia e as acusações de violações várias destes direitos. O executivo chileno concorda com a ida de Michel Bachelet ao país.

No Chile mantém-se o estado de emergência e ele continuará até a situação no terreno acalmar, esclarece o governo.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.