Última hora

Evo Morales declarado vencedor das eleições presidênciais na Bolivia

Evo Morales declarado vencedor das eleições presidênciais na Bolivia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Com 99,99% das votos contados, o Supremo Tribunal Eleitoral (TSE) indicou que o chefe do Estado conquistou 47,07% dos votos contra 36,51% do principal oponente, o centrista Carlos Mesa. A diferença de mais de 10 pontos percentuais deu a vitória a Morales logo na primeira volta.

Carlos Mesa, que foi Presidente da Bolívia entre 2003 e 2005, acusou o partido de Morales de "fraude eleitoral" e pediu aos bolivianos que continuassem a mobilização. Mesa tem o apoio de um grupo de partidos e organizações da direita e do centro.

De recordar que a contagem de votos foi interrompida após os primeiros resultados parciais de domingo sugerirem uma segunda volta. Os novos resultados, divulgados na segunda-feira, deram o quarto mandato consecutivo a Morales.

Com a contestação nas ruas bolivianas, a União Europeia, os Estados Unidos e os países latino-americanos aumentaram a pressão contra o chefe de Estado pedindo uma segunda volta ou ameaçando-o de não o reconhecerem.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.