Última hora
This content is not available in your region

União Europeia não revela data para futuro Brexit

euronews_icons_loading
União Europeia não revela data para futuro Brexit
Direitos de autor  Reuters
Tamanho do texto Aa Aa

Uma boa discussão parece ter reunido os representantes dos 27 Estados-Membros da União Europeia (UE) à mesa do adiamento do Brexit. A avaliação feita pelo negociador-chefe do bloco comunitário para a saída do Reino Unido, Michel Barnier, à saída do encontro, deixava antever a decisão: a União Europeia está disposta a estender o prazo para o Brexit. Só não diz até quando.

"O que posso dizer é que a União Europeia a 27 concordou com o princípio de uma extensão e vamos continuar com o nosso trabalho nos próximos dias", declarou a porta-voz da Comissão Europeia, Mina Andreeva, esta sexta-feira.

A indefinição de uma data vem dar tempo aos deputados britânicos para decidir se avançam para eleições antecipadas. Uma vontade manifestada pelo primeiro-ministro, mas rejeitada pela oposição, enquanto não houver um acordo para o Brexit.

Boris Johnson, que sempre se mostrou contra uma extensão da permanência na UE, continua a afirmar que a saída do Reino Unido poderia manter-se a 31 de outubro, mas que o futuro dos britânicos está agora nas mãos da UE. "Atualmente estamos numa situação em que, sob a "lei de redenção" aprovada pelo parlamento, cabe aos 27 decidir se ficamos ou na União Europeia e por quanto tempo será adiada a saída", disse o primeiro-ministro.

De acordo com a proposta do primeiro-ministro ao líder da oposição, as eleições poderão ser a 12 de dezembro.