Última hora
This content is not available in your region

Fogo "Maria" devasta Califórnia

euronews_icons_loading
Fogo "Maria" devasta Califórnia
Direitos de autor  Reuters
Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 700 bombeiros combatem vários incêndios no estado norte-americano da Califórnia. Apesar das rajadas de vento terem diminuído, o fogo apelidado de Maria, que começou nesta quinta-feira no condado de Ventura, devorou já mais de 3200 hectares e ameaçou várias localidades. Cerca de 7500 pessoas tiveram de abandonar as suas casas.

Além das dificuldades atmosféricas, o xerife do condado de Ventura contou que "os esforços de combate aéreo a incêndios foram dificultados por alguém a pilotar um sistema aéreo não tripulado na área." Bill Ayub referiu que o drone parecia estar a fotografar as chamas e que "isso criou uma situação bastante perigosa. Não só é ilegal, como também dificulta os esforços de combate aos incêndios".

Nas últimas semanas, as chamas têm devastado parte da Califórnia. Pelo menos seis habitações foram destruídas. O Governador, Gavin Newsom, declarou o estado de emergência de modo a garantir fundos de assistência para combate aos incêndios.