Última hora

Pablo Casado e o PP pós-Rajoy

Pablo Casado e o PP pós-Rajoy
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Nas últimas eleições, a 28 de abril, o Partido Popular teve o pior resultado de sempre, mas isso não abalou a liderança de Pablo Casado, que viu nas eleições deste domingo a oportunidade de corrigir os erros que levaram a esta derrota. Casado tem 38 anos e é o mais jovem presidente do PP de sempre. Sucedeu a Mariano Rajoy, derrotado por uma moção de censura e, assim que chegou à cupula do partido, tentou virar à direita e recuperar as ideias do antigo líder e antigo primeiro-ministro José María Aznar. Mas a estratégia teve o efeito contrário ao desejado e o Partido Popular perdeu três milhões e meio de votos.

Depois das eleições, voltou a dirigir o partido mais para o centro, para se afirmar como alternativa a Pedro Sánchez e ao PSOE, ao mesmo tempo que insiste em concentrar o maior número possível de votos dos eleitores de direita, isto apesar do aparecimento do Vox, que veio ocupar um espaço que estava por preencher na zona mais à direita do espetro político espanhol e absorveu uma parte do antigo eleitorado do PP.

Os principais pontos do programa do PP para estas eleições são cortes nos impostos, a imposição da Lei de Segurança Nacional na Catalunha e a proteção dos trabalhadores por conta própria.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.