EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Projeto contra inundações em Veneza avança a "passo de caracol"

Projeto contra inundações em Veneza avança a "passo de caracol"
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O projeto orçado em milhares de milhões de euros tem sido afetado por casos de corrupção e desafios legais.

PUBLICIDADE

Com Veneza afetada pelas excecionais marés altas desta semana, muitos dos residentes perguntam onde estão as há muito esperadas barreiras de prevenção de inundações.

Mas o sistema de barreiras de milhares de milhões de euros é apenas um dos muitos problemas da cidade. "Veneza é afetada por problemas climáticos e políticos que paralisam os projetos."

O plano contra inundações é um sistema de 78 barreiras recolhiveis concebidas para proteger Veneza e a sua inestimável herança artística. O último orçamento foi estimado em 5 mil milhões e meio.

O projeto está marcado por episódios de corrupção e obstáculos legais, que revelaram casos de subornos, encobrimentos e planos ruinosos com sérios defeitos de design e engenharia.

Este mês, uma tentativa para testar uma parte da barreira causou vibrações preocupações. Os engenheiros descobriram partes submersas enferrujadas, originado mais adiamentos.

"Já estamos a trabalhar para tentar resolver os problemas de Veneza que têm desgastando a cidade há vários anos e esta comissão que vamos estabelecer será necessário para definirmos as decisões finais necessárias."

Outra fonte de ansiedade para os residentes são os navios de cruzeiro que passam pelo canal de Giudecca. Alguns venezianos mobilizaram-se contra a passagem de um enorme paquete em Junho. Quase todos os residentes votaram contra num referendo não oficial.

A cidade recebe 20 milhões de turistas por ano. A população está em declínio. De 175 mil habitantes em 1951, hoje existem apenas cerca de 50 mil venezianos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Planear com tempo pode ser um "salva-vidas"

Veneza em estado de emergência

Veneza com maré alta quase histórica