EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Parlamento Europeu atribui Prémio Sakharov a Ilham Tohti

Parlamento Europeu atribui Prémio Sakharov a Ilham Tohti
Direitos de autor Jean-Francois Badias/ APJean-Francois Badias
Direitos de autor Jean-Francois Badias/ AP
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Parlamento Europeu atribui esta quarta-feira o Prémio Sakharov a Ilham Tohti, um ativista uigure que se encontra detido na China. O prémio foi recebido pela filha Jewher Ilham, que não sabe mesmo se o pai está vivo. A última vez que a família teve notícias dele foi em 2017.

PUBLICIDADE

O Parlamento Europeu atribui esta quarta-feira o Prémio Sakharov a Ilham Tohti, um ativista uigure que se encontra detido na China. O prémio foi recebido pela filha Jewher Ilham, que não sabe mesmo se o pai está vivo. A última vez que a família teve notícias dele foi em 2017.

Professor de economia, Tohti é um ativista dos Direitos Humanos e durante mais de duas décadas defendeu os direitos da minoria uigure na China.

Por causa do seu ativismo, Ilham Tohti foi condenado em setembro de 2014 a uma pena de prisão perpétua.

O Parlamento Europeu referiu que os uigures têm sofrido nos últimos anos uma repressão sem paralelo na China, por causa da sua identidade étnica e das suas crenças religiosas únicas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Oposição bielorussa forte candidata ao prémio Sakharov

União Europeia pressiona a China

PE pede apreensão de centenas de milhares de milhões de euros em ativos congelados da Rússia