EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Boeing 737 Max: nova documentação "preocupante"

Boeing 737 Max: nova documentação "preocupante"
Direitos de autor EN
Direitos de autor EN
De  Monica Carlos
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O 737 Max da Boeing deixou de operar em março deste ano após dois acidentes trágicos, que resultaram na morte de 346 pessoas.

PUBLICIDADE

A Boeing enviou novos documentos ao Comité de Infrastuturas de Transporte do Congresso dos EUA, que apontam para um quadro "muito preocupante" com que a empresa respondeu às questões de segurança da aeronave 737 Max, de acordo com fontes da instituição parlamentar.

Os documentos foram enviados na segunda-feira, horas depois da maior construtora aeronáutica do mundo anunciar a demissão do seu director-geral, Dennis Muilenburg.

O 737 Max da Boeing, projetado para ser o principal avião comercial da empresa, deixou de operar em março deste ano após dois acidentes trágicos, que resultaram na morte de 346 pessoas.

Dennis Muilenburg admitiu em Outubro perante o Senado norte-americano que a empresa cometeu erros relativos ao aparelho, que continuou a voar depois do primeiro acidente da companhia aérea indonésia Lion Air em outubro de 2018.

Os acidentes mergulharam a Boeing na maior crise de sempre da sua história.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Boeing 737 Max poderá retornar a voar em junho

Juíza manda arquivar caso dos documentos secretos contra Trump

Biden pede aos americanos que evitem a violência política após tentativa de assassinato de Trump