Última hora
This content is not available in your region

"Rocket" obriga Netanyahu a encurtar comício

euronews_icons_loading
"Rocket" obriga Netanyahu a encurtar comício
Direitos de autor  Gali Tibbon/Pool via AP
Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, foi obrigado a encurtar um comício para as primárias do Likud em Ashkelon, no sul do país, devido ao disparo de um "rocket" a partir da Faixa de Gaza.

Apesar do projétil ter sido interceptado pelo sistema de defesa israelita conhecido como "Cúpula de Ferro", as sirenes de alarme motivaram a ordem de evacuação em pleno ato de campanha.

O Exército israelita respondeu bombardeando durante a madrugada várias posições do movimento islâmico Hamas na Faixa de Gaza.

Recentemente acusado de corrupção, Netanyahu mede esta quinta-feira forças com o ex-ministro Guideon Saar pela liderança do partido conservador Likud, antes de Israel organizar, a 2 de março, as terceiras eleições em menos de um ano, para tentar pôr fim à pior crise política da História do país.