Última hora
This content is not available in your region

Advogado de Ghosn perplexo e chocado

euronews_icons_loading
Advogado de Ghosn perplexo e chocado
Direitos de autor  AP Photo/Koji Sasahara
Tamanho do texto Aa Aa

O principal advogado de Carlos Ghosn está surpreendido com a saída do antigo presidente da Nissan do Japão mas consegue entender os sentimentos do cliente.

Esta terça-feira, em declarações aos jornalistas, Junichiro Hironaka revelou que ainda tem os três passaportes de Ghosn e que falou com o empresário, pela última vez, no dia de Natal.

“Claro que o que ele fez é imperdoável porque é contra as condições da fiança. Independentemente do que considera o sistema judicial japonês, não é bom. Mas eu consigo entender os sentimentos de alguém que fez o que não devia. Embora seja algo que não se deva fazer , consigo compreender os sentimentos dele."

O advogado de Carlos Ghosn disse ainda que está chocado e perplexo e negou qualquer envolvimento na decisão do antigo presidente da Nissan.

Ghosn saiu de Tóquio na segunda-feira, violando as condições da sua fiança.

"Estou no Líbano. Deixei de ser refém de um sistema judicial japonês parcial onde prevalece a presunção de culpa", afirmou em comunicado.

O empresário sublinhou que não fugiu à Justiça. Diz que se libertou "da injustiça e da perseguição política" no Japão.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.