Última hora
This content is not available in your region

Acordo de governo na Áustria

Acordo de governo na Áustria
Direitos de autor
Sebastian Kurz et Wegner Kogler
Tamanho do texto Aa Aa

Três meses depois das legislativas, há luz verde para um novo governo na Áustria. Esta quarta-feira, o líder do partido de centro-direita, Sebastian Kurz, assinou um acordo com o Partido Os Verdes.

Alcancámos um excelente acordo depois de conversas difíceis
Sebastian Kurz
Partido Popular austríaco

Em declarações aos jornalistas, Kurz firmou que as negociações não foram fáceis porque os dois partidos têm programas muito diferentes mas foi possível alcançar um grande acordo de uma forma respeitosa.

A Áustria deve tornar-se a pioneira europeia e internacional na proteção do clima
Werner Kogler
Partido Os Verdes

Werner Kogler, o líder do partido ecologista, sublinhou as preocupações ambientais e garantiu que esta coligação pode ter chegado a um acordo sobre proteção climática que “vai mais longe do que alguém poderia ter adivinhado”.

Os Verdes, que registaram uma grande subida nas eleições de setembro, fizeram uma oposição dura à política de imigração e segurança e às opções orçamentais do antigo governo de Sebastian Kurz com o Partido da Liberdade da Áustria, de extrema-direita.

Os analistas consideram que “a perda de um certo conforto é um preço que Kurz deve pagar para volta ao poder”.

Na nova coligação, Werner Kogler vai assumir o cargo de vice-chanceler. O seu partido deverá liderar quatro pastas do executivo, incluindo o Ministério do Ambiente, que tutela as políticas de energia e transportes.

O acordo tem agora de ser aprovado pelos militantes ecologistas num referendo interno que vão realizar no próximo sábado.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.