Última hora
This content is not available in your region

CES 2020: A tecnologia do futuro

euronews_icons_loading
CES 2020: A tecnologia do futuro
Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

O Consumer Electronic Show (CES), na cidade norte-americana de Las Vegas, é a oportunidade para cientistas e construtores de aparelhos e engenhocas apresentarem as suas mais recentes invenções.

São vários os setores aqui representados. Por exemplo, na área da saúde, uma das aplicações aqui apresentadas monitoriza, remotamente, as mudanças de comportamento de pessoas idosas, alertando a família e os médicos para possíveis problemas de saúde.

Tal como outras tecnologias, recolhe dados pessoais. Um tema que levanta muitas questões devido à privacidade.

"Sempre que tiveres alguma coisa a monitorizar-te, sim, deves ter preocupação com a privacidade, mas há um bom equilíbrio a ser resolvido. Não estamos a usar câmaras, então, não é que haja uma câmara na casa de banho e no quarto a observar-te. Então, isto é tudo uma questão de recolher pontos de dados: como é que o seu braço se está a mover, em que quarto está, que são bastante neutros para a privacidade", conta o presidente e fundador da "CarePredict, Satish Movva.

Inteligência Artificial, 5G e robótica são grandes pontos de discussão nesta edição. A tecnologia verde está, também, a virar cabeças, no meio da pressão crescente sobre o clima e o ambiente.

A '20tree' é uma "start-up" holandesa que combina inteligência artificial com imagens de satélite para observar florestas e espaços verdes urbanos, ajudando a avaliar informações como a temperatura do ar e a poluição.

Uma "start-up" francesa tem como objetivo reduzir os resíduos. Criou uma caixa 'inteligente', uma alternativa à embalagem de papelão.

O chefe da experiência do cliente da "LivingPackets", Emmanuel Lemor, explica que "há muitos aspetos relacionado com o clima e com meio ambiente. Um dos quais é o plástico que acaba no oceano. Portanto, com a nossa solução, não há mais necessidade de bolhas de plástico. O facto de a caixa ser reutilizável milhares e milhares de vezes, versus uma caixa de cartão, também reduz as emissões de CO2".

As empresas de tecnologia apostam alto em Las Vegas. Jogam todas as fichas para que as suas inovações sejam as grandes novidades do futuro.