Última hora
This content is not available in your region

Novo treinador do Barcelona diz que não se pode "melhorar ainda mais"

euronews_icons_loading
Novo treinador do Barcelona diz que não se pode "melhorar ainda mais"
Direitos de autor  AP Photo/Emilio Morenatti   -   Emilio Morenatti
Tamanho do texto Aa Aa

Não tem um percurso muito falado fora de Espanha, mas Quique Setién, o novo treinador do Barcelona, tem um capital mais do que reconhecido dentro de portas.

Nascido em Santander, Setién, de 61 anos, jogou pelo Atlético de Madrid nos anos 80 e passou as últimas duas décadas a consolidar clubes mais pequenos. Que o diga o Bétis de Sevilha, no qual esteve duas temporadas, e levou até à Liga Europa. Desde o final da época passada que este adepto confesso de Lionel Messi se encontrava numa pausa. Agora tudo mudou.

"Ontem andava a passear na minha aldeia, com as vacas. Hoje estou no Barcelona, a treinar os melhores jogadores do mundo, numa equipa extraordinária. Uma equipa que não vou conseguir melhorar ainda mais. Isto é o topo", declarou.

Fica a herança do bicampeão espanhol Ernesto Valverde, com quem o clube acordou a saída após o recente desaire na Supertaça nacional, frente ao Atlético de Madrid, e a nunca digerida humilhação face ao Liverpool, na Liga dos Campeões.