EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Barcelona suspeito de corrupção

Clube terá pago mais de sete milhões de euros a empresas de antigo dirigente da arbitragem
Clube terá pago mais de sete milhões de euros a empresas de antigo dirigente da arbitragem Direitos de autor Manu Fernandez/AP
Direitos de autor Manu Fernandez/AP
De  Ricardo Figueira
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O clube, dois antigos presidentes e um antigo dirigente do Comité de Arbitragem são suspeitos neste caso sobre pagamentos que terão durado 17 anos.

PUBLICIDADE

A polícia espanhola visitou esta quinta-feira o Comité Técnico de Árbitros (CTA), órgão da Real Federação Espanhola de Futebol, como parte de uma investigação que envolve o Barcelona. Segundo esta investigação, em curso desde março, o clube catalão é suspeito de ter pago mais de sete milhões de euros a empresas detidas por José María Enríquez Negreira, um antigo vice-presidente do comité.

Segundo o despacho do juiz de instrução, estes pagamentos terão decorrido ao longo de 17 anos. O Barcelona, dois antigos presidentes - Sandro Rosell e Josep Maria Bartomeu - bem como José María Enríquez Negreira e o filho são acusados neste processo.

Foram feitas buscas em Mardid e Barcelona, mas não foi feita qualquer detenção. O Barcelona nega qualquer envolvimento em casos menos claros. O caso está também a ser investigado pela UEFA, que apesar das suspeitas autorizou que o Barcelona competisse na Liga dos Campeões deste ano.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Autarca búlgaro acusado de corrupção com fundos comunitários

Gundogan vai para o Barcelona

Messi queria o Barcelona, mas vai atrás do sonho americano em Miami