EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Autarca búlgaro acusado de corrupção com fundos comunitários

Valentin Dimitrov, presidente da câmara de General Toshevo, na Bulgária
Valentin Dimitrov, presidente da câmara de General Toshevo, na Bulgária Direitos de autor EBU
Direitos de autor EBU
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A justiça europeia suspeita que Valentin Dimitrov utilizou fundos europeus para obras privadas, mas os munícipes de General Toshevo acreditam que não foi cometido nenhum crime.

PUBLICIDADE

O presidente da câmara do município búlgaro de General Toshevo, detido por suspeita de utilização abusiva de fundos comunitários, foi libertado sob caução esta quinta-feira.

Valentin Dimitrov, que terá de pagar 10 mil leves - pouco mais de cinco mil euros - para ficar em liberdade, mostrou-se calmo à saída da sede da polícia de Dobrich, e afirmou: "Não é nada de especial, prenderam-me, acusaram-me e pronto. (...) Durmo descansado".

Desde o início da manhã, em frente ao edifício da polícia, em Dobrich, os habitantes de General Toshevo e os representantes do Partido Socialista búlgaro reuniram-se para um protesto pacífico de apoio ao autarca.

Muitos dos manifestantes disseram acreditar que existe confusão nos documentos, mas não foi cometido nenhum crime nem houve utilização indevida de fundos comunitários.

A procuradora europeia, Laura Kövesi, alega a utilização indevida de uma subvenção da UE de cerca de 330 000 leves, - cerca de 169 mil euros - para a renovação de edifícios residenciais.

A defesa de Valentin Dimitrov rejeitou as acusações e disse que ainda não tinha visto as provas. O advogado garante que apresentará provas que rebatem as alegações da justiça europeia.

Residentes no município de General Toshevo receberam, com lágrimas, a notícia da libertação de Dimitrov.

Muitos, entre os quais o irmão do presidente, acreditam que a detenção do presidente da câmara é uma manobra política devido às próximas eleições autárquicas.

Iliya Dobrev, presidente da câmara da aldeia de Zhiten também partilha desta opinião: "Parece que ele vai voltar a ganhar as eleições autárquicas, por isso isto pode ter algo a ver com isso".

Nas ruas, um residente afirma: "É pá, as eleições autárquicas estão a chegar e este é o único município que é totalmente apoiado pelo Partido Socialista Búlgaro".

Uma mulher pergunta: "Porque é que esta detenção está a ser feita antes de haver provas claras de um crime?

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Barcelona suspeito de corrupção

Youtuber Diamond Tema deixa a Turquia após ameaças de prisão

Jornalista norte-americano Evan Gershkovich vai ser julgado na Rússia por espionagem