Última hora
This content is not available in your region

Balcãs em alerta por causa da poluição

euronews_icons_loading
Balcãs em alerta por causa da poluição
Direitos de autor  Darko Vojinovic / AP   -   Darko Vojinovic
Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de pessoas reuniram-se esta sexta-feira, em Belgrado, para exigir ao governo medidas urgentes contra a poluição. Nos últimos dias, a situação agravou-se por causa do denso nevoeiro que atinge várias cidades sérvias.

O país está na lista dos vinte maiores poluidores atmosféricos do mundo e os especialistas alertam para o aumento de mortes diretamente ligadas com a poluição.

O presidente Aleksandar Vucic já prometeu medidas de longo prazo mas disse que os efeitos só serão sentidos a partir de 2026.

euronews

Alerta em Saravejo

O nevoeiro que atinge a Sérvia, atinge também regiões da Bósnia-Herzegovina, do Kosovo e da Macedónia do Norte. Saravejo está a ser particularmente afetado porque fica num vale e está cercado por montanhas.

As autoridades da capital bósnia prometeram distribuir gratuitamente aos residentes máscaras de proteção e anunciaram a formação de uma equipa para combater a poluição de uma forma "sistemática". Apelaram aos residentes para não entrarem em pânico e lembraram que “a má qualidade do ar é um problema com décadas de existência”.

Os especialistas dizem que as centrais eléctricas alimentadas a carvão e os carros antigos são um dos principais responsáveis pela poluição atmosférica nos Balcãs.

Neste momento, as altas concentrações de poluentes do ar ultrapassam os níveis normalmente vistos em algumas das cidades mais poluídas do mundo como Calcutá, Lahore ou Pequim.