Última hora
This content is not available in your region

Jair Bolsonaro anuncia criação do Conselho da Amazónia

euronews_icons_loading
Jair Bolsonaro anuncia criação do Conselho da Amazónia
Direitos de autor  Leo Correa/AP Photo   -   Leo Correa
Tamanho do texto Aa Aa

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, anunciou esta terça-feira medidas para proteger a Amazónia. Matéria inflamável no primeiro ano de mandato de Jair Bolsonaro, a maior floresta tropical do mundo é agora alvo de medidas de proteção ambiental.

Depois das críticas pelos fogos que devastaram uma vasta área do território e os incentivos à desflorestação para a exploração agrícola e económica, o chefe de Estado brasileiro decretou a criação do Conselho da Amazónia.

O anúncio chegou através da rede social Twitter, onde Bolsonaro explicou que o novo organismo vai envolver diversos ministérios e funcionar sob a orientação do vice-presidente, o general Hamilton Mourão.

Está ainda prevista a formação de uma Força Nacional Ambiental focada em específico na proteção do meio ambiente na Amazónia.

A decisão de Jair Bolsonaro chega após um ano em que a questão ambiental desgastou bastante o governo, tanto a nível nacional como internacional.

No entanto, a ideia de uma força especial de defesa da floresta amazónica corresponde a uma antiga proposta do Partido dos Trabalhadores (PT), o maior partido da oposição.

A ideia passou a decreto em 2008, durante a presidência de Lula da Silva, mas acabou por nunca sair do papel, algo que está agora previsto acontecer com Jair Bolsonaro.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.