Última hora
This content is not available in your region

Reino Unido deixa a União Europeia esta sexta-feira

euronews_icons_loading
Reino Unido deixa a União Europeia esta sexta-feira
Direitos de autor  .
Tamanho do texto Aa Aa

31 de janeiro de 2020 vai ficar na história contemporânea como o dia em que. pela primeira vez, um país deixou a União Europeia.

Quando forem onze da noite em Londres (e em Lisboa), meia-noite em Bruxelas, torna-se oficial. A União Europeia passar a ter apenas 27 estados-membros e a bandeira britânica deixará de ser hasteada nas instituições europeias.

A concretização da saída era algo desejado por milhares de britânicos.

O reformado, Eric Horsley, residente em Hartlepool admite: "Estou contente, já não era sem tempo e isto durou muito mais do que devia". Também o assistente de enfermargem, Anthony Latham, mostra-se feliz pela chegada deste dia.

"Estou feliz porque vamos ter liberdade para fazer os nossos próprios acordos comerciais com diferentes países e não estamos vinculados à legislação da União Europeia. Só espero que parte da legislação europeia se mantenha aqui, porque há muitos direitos dos trabalhadores que me preocupam no Reino Unido".

Na grande praça de Bruxelas, o adeus aos britânicos não passou despercebido.

Os "detetives" Scherlock Holmes e John Watson, as icónicas cabines telefónicas ou os guardas reais do palácio de Buckingham provocaram sorrisos em muitos turistas e até a estátua mais famosa da Bélgica, o Manneken Pis, vestiu o típico fato John Bull para a despedida do Reino Unido.