Última hora
This content is not available in your region

Síria: Estimam-se 600 mil deslocados, metade crianças, desde dezembro

euronews_icons_loading
(AP Photo/Ghaith Alsayed)
(AP Photo/Ghaith Alsayed)   -   Direitos de autor  Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.   -   Ghaith Alsayed
Tamanho do texto Aa Aa

Deixam a promessa, e, pouco a pouco, vão cumprindo. O exército sírio vai tomando o controlo de todo o país. Este sábado, o regime de Bashar Assad conseguiu conquistar a cidade de Saraqueb, em Idlib, um ponto estratégico que faz a ligação entre as principais cidades sírias: Damasco e Alepo.

Desde dezembro, as ofensivas das forças sírias, apoiadas pela Rússia, levaram a que 600 mil pessoas fossem obrigadas a abandonar tudo e a fugir. Estima-se que 300 mil deslocados sejam crianças.

A maioria vive em tendas, abrigos ou casas temporárias perto da fronteira com a Turquia. Muitos enfrentam temperaturas negativas, com a constante dúvida de um futuro incerto.

A cessar-fogo feito com a Turquia em 2018, ignorado pelo regime sírio, não impediu a guerra de continuar, mesmo com um reforço de militares turcos nas áreas controladas pelos rebeldes.

Perante esta crise humanitária, o Papa Francisco apelou ao diálogo para o fim de uma guerra que já matou quase 400 mil pessoas.

(AP Photo/Ghaith Alsayed)