Última hora
This content is not available in your region

Alemães protestam contra coligações com a extrema-direita

euronews_icons_loading
Alemães protestam contra coligações com a extrema-direita
Direitos de autor  Mission Lifeline
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas saíram às ruas nas cidades alemãs de Erfurt e Dresden este sábado, em protesto contra os grupos de extrema-direita e quaisquer coligações com o partido Alternativa para a Alemanha.

As manifestações acontecem um dia depois de uma cerimónia estatal ter assinalado o 75° aniversário do bombardeamento de Dresden. O presidente alemão aproveitou a ocasião para alertar sobre as alianças com a extrema-direita.

Na quinta-feira, o presidente do Partido Liberal alemão pediu desculpas no Parlamento pela eleição de um membro da sua formação como líder regional da Turíngia, graças a uma concertação de votos entre a CDU de Angela Merkel e a extrema-direita. A controvérsia foi tanta que Thomas Kemmerich acabou por se demitir 24 horas depois de ter sido eleito.

O escândalo também levou à demissão da líder da CDU Annegret Kramp-Karrenbauer.