20 anos a celebrar Carnaval como terapia

20 anos a celebrar Carnaval como terapia
Direitos de autor AP Photo/Silvia Izquierdo
De  Rodrigo Barbosa com AP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Bloco Loucura Suburbana integra pacientes e profissionais de saúde mental do Rio de Janeiro

PUBLICIDADE

O bloco Loucura Suburbana celebra, este ano, duas décadas de participação no Carnaval do Rio de Janeiro, com uma mensagem de apelo à inclusão e combate à discriminação.

O grupo, que nasceu em 2001 de uma iniciativa de terapia artística do instituto de saúde mental Nise da Silveira, integra pacientes e profissionais num cortejo colorido que pretende, ao som do samba, combater os preconceitos.

O samba que anima o cortejo festivo no Rio de Janeiro tem o nome apropriado de "Loucura que Afeta Todos Nós", composto em colaboração com pacientes e familiares.

Uma terapia para todo o ano

O instituto psiquiátrico que serve de base ao bloco tem uma oficina dedicada, que trabalha todo o ano para confecionar disfarces, mas sobretudo desenvolver um trabalho terapêutico baseado no carnaval, festa rainha no Brazil.

Editor de vídeo • Rodrigo Barbosa

Outras fontes • Globo / Agência Brasil

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Terapia com animais faz o dia de muitos

Brasil contagiado pelo vírus do Carnaval

Carnaval em Paraty festeja-se na lama