Última hora
This content is not available in your region

Programa Erasmus ameaçado no Reino Unido

euronews_icons_loading
Programa Erasmus ameaçado no Reino Unido
Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Destino: Reino Unido. O cenário repete-se a cada ano para milhares de estudantes europeus que escolheram as universidades britânicas para prosseguir os estudos, cortesia do programa Erasmus, mas pode ter os dias contados. A culpa é do Brexit.

Para já, a Câmara dos Comuns chumbou um voto para obrigar o governo a negociar a continuidade no programa. O acesso a algumas das universidades mais prestigiadas do planeta está em causa para os estudantes europeus.

Apesar do chumbo , o executivo de Boris Johnson garante estar empenhado na continuidade no programa... desde que isso seja do interesse do Reino Unido.

Para Vivienne Stern, diretora da Universities UK International, organização que gere as relações internacionais das universidades do Reino Unido, os benefícios desta parceria saltam à vista:

"Quando olhamos para a informação sobre os estudantes que estiveram no estrangeiro e o percurso que seguiram, saíram-se melhor em termos académicos. Também se saíram melhor na procura de emprego. Têm tendência a ganhar mais, a estar menos no desemprego e a desempenhar mais cargos de alto nível."

A Comissão Europeia já assegurou a continuidade do Reino Unido no programa Erasmus durante mais um ano, sendo que as bolsas entretanto aprovadas serão respeitadas mesmo depois de terminado o período de transição para a saída do Reino Unido da União Europeia.