Última hora
This content is not available in your region

Weinstein considerado culpado de agressão sexual e violação

euronews_icons_loading
Weinstein considerado culpado de agressão sexual e violação
Direitos de autor  AP Photo/Seth Wenig
Tamanho do texto Aa Aa

Já é conhecido o veredito do processo em Manhattan contra Harvey Weinstein: o antigo produtor de cinema foi considerado culpado de agressão sexual e violação, mas absolvido das acusações de comportamento de "predador" sexual que poderiam acarretar uma pena de prisão perpétua.

O júri, composto por sete homens e cinco mulheres, apresentou a decisão depois de cinco dias de deliberações e de um mês de processo ultramediatizado, emblemático do movimento #MeToo.

No caso da assistente de produção Mimi Haley i, Weinstein foi considerado culpado de ato sexual criminoso no primeiro grau e, no caso da atriz Jessica Mann, de violação no terceiro grau.

A sentença só será conhecida mais tarde, mas os crimes em questão implicam penas de cinco a 25 anos de prisão.

O ex-magnata de Hollywood deverá ainda enfrentar outras acusações num processo distinto na Califórnia.