Última hora
This content is not available in your region

Erdogan: "Saiam do nosso caminho" na Síria

euronews_icons_loading
Erdogan: "Saiam do nosso caminho" na Síria
Direitos de autor  AP   -   Ghaith Alsayed
Tamanho do texto Aa Aa

Estas são imagens de um comboio militar turco, na noite passada, na província de Idlib, o último reduto de rebeldes e "jihadistas" na Síria, onde esta semana aumentou a tensão. 33 soldados turcos foram mortos em bombardeamentos atribuídos pela Turquia ao regime sírio, apoiado pela Rússia.

"Ontem, perguntei ao sr. Putin, o que é que ele fazia ali? Se quer estabelecer uma base, faça-o, mas saia do nosso caminho e deixe-nos frente a frente com o regime", afirmou o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan.

Na sexta-feira, os presidentes da Turquia e da Rússia tiveram uma conversa telefónica, durante a qual expressaram "preocupação" pela escalada na Síria. Segundo o Kremlin, os dois líderes podem encontrar-se na próxima semana, em Moscovo.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.