EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Editora cancela publicação das memórias de Woody Allen

Editora cancela publicação das memórias de Woody Allen
Direitos de autor Luca Bruno/Copyright 2019 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Luca Bruno/Copyright 2019 The Associated Press. All rights reserved
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Marcha atrás na decisão do grupo Hachette de publicar livro de Woody Allen, após vaga de protestos

PUBLICIDADE

Afinal, o livro de memórias de Woody Allen não vai ser publicado. Pelo menos não pela editora Hachette, que tinha anunciado a saída do livro para o mês de abril. Perante os inúmeros protestos, incluindo dos próprios trabalhadores da editora em Nova Iorque, decidiu-se não avançar.

Dylan Farrow, filha adotiva do célebre realizador americano, denunciou abusos sexuais que terão decorrido quando tinha sete anos. Dylan conta com o apoio do irmão, Ronan Farrow, o jornalista por detrás da queda de Harvey Weinstein e do movimento #MeToo.

Woody Allen rejeita as acusações. Foi alvo de dois inquéritos na década de 90, mas nunca foi formalmente acusado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Jenni Hermoso confirma perante o juiz que foi beijada sem consentimento por Rubiales

Federação de Futebol contradiz Jenni Hermoso e garante que Rubiales "não mente"

Kevin Spacey começa a ser julgado em Londres por abuso sexual