EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Federação de Futebol contradiz Jenni Hermoso e garante que Rubiales "não mente"

Momento do alegado beijo não consentido.
Momento do alegado beijo não consentido. Direitos de autor FRANCK FIFE/AFP or licensors
Direitos de autor FRANCK FIFE/AFP or licensors
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Federação respondeu a Jenni Hermoso e a comunicado de futebolistas que recusam jogar se a direção não mudar

PUBLICIDADE

Apesar da pressão pública, a "Federação Espanhola de Futebol (RFEF)" saiu em defesa do presidente, Luis Rubiales, apresentando um conjunto de fotografias que, diz, mostram que as declarações do mesmo "são absolutamente certas e que não mente."

Em comunicado, a Federação reagiu às acusações da internacional Jenni Hermoso, que diz ter sido beijada por Rubiales na final do Mundial de Futebol Feminino sem consentimento.

Também reagiu ao anúncio de 81 jogadoras (as 23 campeãs do mundo e outras 58) de que não voltarão à seleção espanhola enquanto os atuais dirigentes da RFEF, em particular Rubiales, não se demitirem.

 A Federação assegura que vão ser tomadas ações legais por causa da polémica.

Diz que respeita a decisão das futebolistas, mas lembra: em Espanha é obrigatório comparecer às convocatórias da seleção.

"Acredito que estamos prontos para isto seja o 'Me Too' do futebol espanhol e que este seja um momento de viragem. O governo quer deixar uma aviso. Quer que seja contundente na hora de dizer que há coisas que não podem voltar a acontecer", explicou Victor Francos, presidente do Conselho Superior Desportivo de Espanha.

Há cada vez mais vozes a exigirem a demissão de Rubiales, acusado de beijar de forma não consentida a jogadora Jenni Hermoso.

O dirigente reconhece que foi inapropriado, mas recusa demitir-se.

As autoridades lembram que não pode ser afastado sem uma decisão judicial contra ele.

A FIFA não esperou e no sábado, seis dias após o controverso beijo de Rubiales na boca de Hermoso, decidiu suspender de forma preventiva e por três meses o presidente da RFEF.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

FIFA penaliza beijo e suspende presidente da Federação Espanhola de futebol

Jenni Hermoso confirma perante o juiz que foi beijada sem consentimento por Rubiales

Maioria das jogadoras da seleção espanhola põe fim a greve