Última hora
This content is not available in your region

Moscovo quer construir autoestrada em cima de aterro nuclear

euronews_icons_loading
Moscovo quer construir autoestrada em cima de aterro nuclear
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Se tudo correr como previsto, muito em breve vai nascer uma autoestrada de oito faixas numa das extremidades da cidade de Moscovo. Só que há um problema: o projeto assenta sobre um aterro de lixo nuclear.

Andrei Ozharovsky, físico nuclear, explica-nos que "centenas de milhares de toneladas de resíduos foram aqui enterrados, incluindo de urânio, rádio e tório".

Do outro lado da encosta encontram-se blocos de apartamentos. Se houver obras que desloquem as terras desta velha lixeira nuclear da era soviética, a situação pode tornar-se catastrófica.

A infraestrutura planeada para descongestionar o centro da capital russa terá 28 quilómetros de comprimento.

O estudo de impacto ambiental não identificou problemas significativos. Vários residentes e ativistas questionam a validade e instalaram uma carrinha no local para ir medindo, a par e passo, a quantidade de partículas perigosas no ar.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.