Última hora
This content is not available in your region

Espanha decreta estado de alerta

euronews_icons_loading
Espanha decreta estado de alerta
Direitos de autor  Manu Fernandez/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro espanhol voltou atrás e, numa comunicação aos pais, revelou que vai declarar o estado de alerta a partir deste sábado e durante os próximos 15 dias.

A gravidade da crise provocada pela COVID-19 obrigou o governo de Madrid a avançar com uma medida excecional que, até aqui, só tinha sido tomada em 2010, durante a greve dos controladores aéreos.

Esta medida excecional permite impor quarentenas em territórios específicos, fechar fronteiras e restringir a livre circulação de pessoas.

Esta quinta-feira, quando excluiu a declaração de estado de alerta, Pedro Sanchez anunciou um plano de 18 mil milhões de euros para enfrentar a crise, fortalecer o sistema de saúde e prestar assistência financeira às empresas.

Depois de Itália, Espanha é o pais europeu mais atingido pelo coronavírus.

A epidemia já provocou pelo menos 120 mortos e atingiu mais de 4200 pessoas.

Quase metade do número total de doentes foi detetada em Madrid. A capital vai fechar todos os estabelecimentos exceto lojas de alimentos e farmácias

Depois de Madrid, a comunidade com mais casos é o País Basco que decretou o estado de "alerta ou emergência sanitária" no território.